Aplicativo de celular promete otimizar as viagens dos usuários do transporte coletivo

Visando melhorias da qualidade do sistema de transporte coletivo de Campo Grande, a Prefeitura Municipal e o Consórcio Guaicurus, em parceria com a empresa Moovit, promoveram nesta manhã de terça-feira (25) uma coletiva à imprensa de lançamento do aplicativo de celular que irá permitir aos usuários planejar as suas viagens com mais tranquilidade, na sede da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran).

Ao acessar o aplicativo, os usuários já poderão obter informações sobre os 3900 pontos de embarque e desembarque, além da relação das 169 linhas, incluíndo as 12 linhas executivas, que atendem esses locais. Numa segunda etapa da implantação, prevista para o prazo de 60 dias, os clientes do transporte coletivo terão acesso a informações sobre os horários programados dos ônibus que passam pelos principais pontos.

Na última fase, que deverá ser concluída dentro de 90 dias, será possível o acesso a informações em tempo real a respeito da movimentação dos ônibus pelas ruas da Capital. Qualquer pessoa que possua o aplicativo no celular poderá saber o tempo de espera nos pontos e nos terminais e, dessa forma, planejar a viagem. Além disso, os pontos de venda de créditos também serão informados por meio do Moovit.

A diretora presidente da Agetran, Beth Felix, contou que Campo Grande será a quinta cidade do país a ser contemplada com o aplicativo, sendo um grande avanço ao município, ao otimizar a vida dos usuários do transporte coletivo. “Estamos atentos às inovações e investimos em tecnologia conforme solicitação da ONU e OMS. Este aplicativo gratuito vai combinar dados fornecidos pelas empresas e autoridades do sistema de transporte público, junto com a colaboração em tempo real dos usuários, para monitorar os pontos e trajetos. O fato do aplicativo funcionar em tempo real irá facilitar nossa vida porque não temos tempo a perder, hoje em dia”, ressaltou.

O desenvolvimento da plataforma na cidade foi feito pela comunidade de usuários com apoio da Moovit. Os estudantes Leonardo Bernardinelli, Cristiano Martins e Felipe Ribeiro e demais participantes, descobriram a empresa por meio das redes sociais. Eles se uniram para a realização desse trabalho e contaram com a ferramenta disponibilizada pelo app nesse processo. “Sempre quis, de alguma forma, poder ajudar a melhorar o transporte coletivo de Campo Grande e, ao descobrir que existia esse apoio do Moovit e outras pessoas que gostariam de contribuir para isso, entrei logo em contato com elas para colocarmos o projeto em prática”, afirma Cristiano Martins.

Modernização e Tecnologia

A implantação da bilhetagem eletrônica, o monitoramento dos ônibus via GPS e a instalação de redes wi-fi em parte da frota e também nos terminais, a partir de agora, garantirão o acesso dos usuários ao Moovit na Capital. “O Consórcio Guaicurus disponibilizará técnicos que irão manter a atualização dos dados a respeito dos itinerários, pontos de paradas e horários dos ônibus, bem como a disponibilização dos sistemas de informação para que o Moovit possa ter acesso aos dados de GPS dos veículos em tempo real. É a população que ganha com essa tecnologia”, explicou João Rezende Filho, diretor do consórcio.

O Moovit é um dos maiores aplicativos de mobilidade urbana do mundo e tem como tema “Tudo o que o passageiro precisa”. Está presente em mais de 600 cidades de 55 países, e disponível em 37 idiomas para ajudar o usuário a se locomover de forma mais rápida e inteligente pelas cidades, planejando melhor seu dia-a-dia. “É muito gratificante para a Moovit ver o engajamento da nossa comunidade de usuários para ajudar a melhorar o transporte público local. Foi importante para nós chegar à cidade com esse apoio dos usuários, prefeitura e do consórcio responsável por administrar o transporte público no local”, disse o gerente nacional da Moovit, Pedro Palhares, durante apresentação na sede da Agetran.

Confira também

Integrantes do 1º Comitê Técnico de Saúde Integral da População LGBT+ tomam posse em MS

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), realizou nesta …