Além de secretarias, PT quer ser vice de Alcides Bernal na eleição de 2016

Vereadores se reúnem com o prefeito nesta manhã

A intenção, segundo o parlamentar, é manter conversas para que o partido ou integre o secretariado, ou faça composição para lançar candidatura a vice. O petista citou Gilda, esposa de Zeca do PT, do deputado estadual Pedro Kemp e da vereadora Thais Helena, como possíveis de integrar chapa com Bernal, se ele se candidatar a reeleição. Além disso, Alex se dispôs a ocupar o lugar de líder do prefeito na Câmara Municipal ou assumir como secretário. “O que o Bernal entender ser melhor para compor cenário político”.

No sábado, a bancada do PT na Câmara Municipal defendeu que o partido participe diretamente da administração do prefeito reconduzido. Eles afirma querer ficar com as duas secretarias controladas pelo partido na primeira fase do mandato de Bernal.

Do começo da gestão de Bernal até a cassação, o PT esteve à frente da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) e da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), com Semy Ferraz e a própria Thais Helena, respectivamente. A vereadora, no entanto, já disse que não pretende deixar o trabalho parlamentar para reassumir a pasta.

Oficialmente, o comando petista ainda não se manifestou sobre o posicionamento em relação a Bernal, que retornou ao cargo na quinta-feira (27), quase um ano e meio depois de ter sido cassado pela Câmara Municipal.

 

 

 

 

 

Texto: Mayara Bueno e Evelin Araújo

 

Confira também

‘Não existe carne de segunda’, afirma especialista que virá para o Festival da Carne em MS

Especialista em carne, Marcelo Bolinha garante: “Em boi de primeira, não existe carne de segunda”. …