Projeto incentiva adolescentes a retomar estudos em Campo Grande

Retomar os estudos após ficar parado por muito tempo é uma atitude de coragem. Em Campo Grande, vários jovens de 15 a 17 anos têm a oportunidade de voltar aos bancos escolares e ter uma nova oportunidade.

O projeto Traje (Travessia do Jovem Estudante) existe desde 2010 e ampara adolescentes de 15 a 17 anos que não concluíram o ensino fundamental. Além de oferecer as aulas regulares, o projeto também realiza oficinas e programas de inserção no mercado de trabalho, além das aulas serem mais dinâmicas, para integrarem o aluno.

“É muito bom ter essa oportunidade, principalmente para conseguir um serviço, vou terminar no ano que vem e quero fazer faculdade”, revela o aluno Bruno Viana.

Maycon Moreira, de 17 anos, conta que parou de estudar por três anos e lamenta ter desperdiçado este tempo. “Voltei a tempo, agora quero terminar logo, buscar fazer uma faculdade, sabe?”, conta.

O projeto foi criado para incentivar os adolescentes a não ficarem constrangidos em terminar o ensino fundamental. As aulas são diferenciadas por conta disto. “Fazemos um trabalho de inserção, falando a língua deles, para que tenham apego e respeito à escola”, explica a professora Patrícia Miranda de Oliveira.

A jovem Guadalupe Molinas, 15 anos, nasceu no Paraguai e quando imigrou para o Brasil teve dificuldade com documentos, por isso não conseguiu se matricular em escolas. “Não conseguia me matricular em escolas por falta dos documentos brasileiros, depois que consegui pude me matricular e retomar os estudos”. A colega dela, Crislaine Santos da Silva, teve de parar os estudos quando teve uma filha.

O diretor da escola, Maurício Macedo Vieira, explica que várias oficinas e programas extras são oferecidos para conscientizar os alunos da importância de se educar. Várias parcerias com outros entes municipais facilitam os alunos, como a emissão de documentos e de cursos. “Os alunos podem fazer a carteira de trabalho, fazer oficinas diferenciadas, mantem o foco nos estudos”, comenta.

Confira também

Temporada de pesca começa com alto índice de conscientização ambiental

A temporada de pesca esportiva e profissional nos rios das bacias do Paraná e Paraguai …