Mara Caseiro defende mais dignidade aos índios para sanar conflitos

A deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB) defendeu mais dignidade aos indígenas como tentativa de sanar os conflitos agrários em Mato Grosso do Sul. Na última terça-feira (14/7), ela e outros deputados, assim como proprietários de áreas invadidas, estiveram reunidos em Brasília (DF) com o presidente da Funai (Fundação Nacional do Índio), João Pedro Gonçalves, e com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para discutir o assunto e buscar soluções para os problemas fundiários.

Mara defende justiça por meio do oferecimento de condições mínimas aos índios. “Se querem fazer justiça temos que começar oferecendo condições de vida à comunidade indígena. Eles devem ter garantias de saúde, fornecimento de água potável, energia elétrica e moradia digna”, salientou.

A deputada também defende o direito de propriedade do dono da fazenda invadida que, segundo ela, do dia para a noite se vê obrigado a deixar o local em detrimento por causa das invasões dos índios.

Durante o encontro, em Brasília, ficou definido que a Funai vai intervir para que produtores rurais, cujas propriedades estejam invadidas, consigam colher a safra e retirar os insumos, como fertilizantes, calcário e maquinário, que estão dentro das fazendas. A determinação para que a Funai entre em campo e garanta a colheita e a retirada dos insumos foi feita pelo ministro após apelo emocionado de produtores rurais diretamente afetados pelo problema. Uma delas é Marilene Maganha, da fazenda Água Branca, em Aral Moreira.

Além da intervenção da Funai, também será criado um grupo técnico, encabeçado pela senadora Simone Tebet (PMDB), formado para discutir a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 71/2011, que prevê indenização pelas terras e benfeitorias para fazendeiros que possuem áreas declaradas indígenas.

Confira também

Câmara de Jardim aprova por unanimidade aumento de repasse para UTIs do Hospital Marechal Rondon

Em sessão extraordinária presidida pelo vereador Glaucio Cabreira (PSDB), realizada na manhã desta quinta-feira (17), …