Em João Pessoa, Ministério do Esporte realiza debate sobre violência no futebol

Com o objetivo de debater a violência no futebol e buscar contribuições para a criação do Sistema de Monitoramento de Dados, o Ministério do Esporte deu início nesta quinta-feira (02.07) em João Pessoa (PB), ao “Simpósio de Prevenção da Violência nos Eventos de Futebol”. O seminário, que termina nesta sexta-feira (03.07) e está na sua segunda edição, passará por todas as regiões do Brasil. A primeira reunião aconteceu no Rio de Janeiro. O secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Rogério Hamam, participou da abertura do evento.

Durante dois dias, o simpósio vai tratar de temas relevantes, como segurança do torcedor nos estádios; juizado cível e criminal do torcedor; sistema integrado de monitoramento para prevenção da violência; responsabilidade do Estado nos eventos de futebol; legislação e mudanças no Estatuto do Torcedor; além de medidas punitivas e socioeducativas.

De acordo com o secretário Hamam, o Ministério do Esporte tem promovido várias ações para oportunizar o debate sobre o aprimoramento do espetáculo do futebol, como a classificação dos estádios, a torcida cidadã e o monitoramento dos torcedores. “Esse encontro busca o intercâmbio de informações e a troca de experiências que vão enriquecer a elaboração do Sistema de Monitoramento de Dados, uma parceira dos ministérios do Esporte e da Justiça”, explicou.

O Sistema, que está sendo baseado em várias experiências de sucesso, vai resultar no Observatório do Futebol, uma ferramenta que vai possibilitar um monitoramento dos atos de violência em todo o território brasileiro.

Para Hamam, a violência no futebol não tem uma causa única e não existe uma fórmula mágica para acabar com ela. É preciso, segundo ele, um envolvimento de instituições envolvidas e da sociedade nesse debate. “Não temos como tirar uma pílula do bolso e acabar com essa violência. Precisamos trabalhar, planejar ações e capacitar pessoas para ter sucesso nessa importante missão de otimizar o espetáculo futebol”, concluiu.

Confira também

Vasco apresenta balanço financeiro e anuncia dívida superior a R$ 800 milhões

Em evento inédito no clube, o Vasco realizou uma coletiva – em forma on-line – …