Dourados dá mais um passo no processo de reestruturação do transporte coletivo

Dourados dá mais um passo no projeto de reestruturação do transporte coletivo feito pelo prefeito Murilo. A partir de segunda-feira, dia 13, inicia a adaptação nas linhas implantada na região do grande Jóquei Clube e que vai dar mais conforto a quem precisa do serviço, além de reduzir o tempo de espera dos usuários por ônibus.
Serão duas linhas circulando na região, a “Linha Jóquei Clube” e a “Linha Jóquei Clube Circular”. Após estudos foram feitas mudanças no trajeto que antes tinha uma linha só. A partir da alteração, todo morador da região terá um ponto de ônibus no máximo a 500 metros de casa. Os veículos ainda vão passar pelos pontos de 20 em 20 minutos, a média da cidade é de 45 minutos de espera.
“Dessa forma além de ter um ônibus mais perto de casa, ou seja, a pessoa não vai andar mais do que 500 metros até o ponto mais próximo, ela ainda vai esperar menos. Se perder o ônibus, não vai mais esperar 45 minutos pelo outro, vai esperar apenas 20 minutos”, relatou Cleber Guidio, coordenador de transporte público da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).
Para atender a adequação, também é ampliada a quantidade ônibus que atendem a área, passando de nove para 12 veículos. Os horários de viagens também foram ampliados. Antes eram 74 viagens entre idas e voltas durante a semana, passando para 101 horários. Aos sábados, aumentou de 54 para 78 horários, e no domingo de 52 para 56 horários.
Além do próprio bairro Jóquei Clube, a região atingida pelas mudanças também é composta pelos bairros João Paulo II, Parque das Nações I e II, Residencial Sol Nascente (Antigo Canaã 4) e Estrela Verá. Esta área compreende uma população de 5 mil usuários de transporte coletivo.
Para que a população daquela região conheça as mudanças, já são realizadas divulgações pela Agetran e pela empresa concessionária do serviço de transporte, a Medianeira Dourados. Já são entregues materiais informativos para os usuários dos ônibus explicando as mudanças e também já foram feitas reuniões com os presidentes de bairro para apoio levando informação direta aos moradores.
“Sempre que há adequações muito bruscas como esta, a população estranha. Hoje a pessoa vai para um determinado lugar para pegar o ônibus, a partir de segunda-feira terá que ir a outro. Então estamos trabalhando com informações naquela região, para que haja essa adaptação por parte dos usuários”, relata Cleber.
Quando a mudança já estiver devidamente implantada e ser parte da rotina dos moradores, os benefícios serão levados para outras regiões da cidade. “Terminando o Jóquei vamos adequar outras regiões”, explica o coordenador.

Confira também

Licitação para obras do Aquário não tem interessados e é declarada deserta

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) declarou deserta a oitava licitação aberta para …