Bela Vista beneficiada com casas do programa Minha Casa Minha Vida Rural

O sonho da casa própria vai se tornar realidade para dezenas de famílias em Bela Vista na fronteira do Mato Grosso do Sul (Brasil) com Bella Vista Paraguai.

Na manhã de quarta-feira 01/7 no Cine São José o prefeito de Bela Vista (MS), Dr. Renato de Sousa Rosa, o presidente da Coophaf Aparecido Falconery e o Gerente da Caixa Econômica Federal de Jardim (MS) Jorge Horácio da Silva participaram da assinatura do contrato para concessão à pessoa física, de subsídios com recursos do Orçamento Geral da União, destinados a Produção de Unidade Habitacional vinculada ao Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), no âmbito do Programa Minha casa, minha vida (PMCMV).

A equipe de trabalho da Coophaf, da CEF e da Secretaria Municipal de Assistência Social, assistente social Zilda Barroso participaram do ato público que contou com a participação da vereadora Fabizia Tinoco e do Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal, Jonathan Torres.

Ao todo foram assinados 22 contratos beneficiando 20 famílias om o programa Minha Casa Minha Vida Rural. O objetivo do Programa Nacional de Habitação Rural é dar a oportunidade de agricultores e trabalhadores rurais conquistarem uma moradia própria e digna. O PNHR é organizado pela Caixa, atende a todos os municípios do Brasil e permite que o beneficiado construa uma casa nova, conclua, reforme ou aumente um imóvel já existente.

Os beneficiários do município de Bela Vista (MS) são: Acácio Espindola, Adelino Gamarra, Aparício Ajala, Assunção Cáceres, Djalma Lescano, Ciriaca Larrosa Cáceres, Durandir de Jesus Peres, Elias Louveira, Esmeralda Morinigo, Hemenegilda Valhovera, Jucemar de Fátima Araújo Rocha, Lino Batista Barcelo, Manoel Cristaldo Benites, Maria Emidia Centurion, Marino Britzke, Martinho Dávalos, Mauro Molina, Miguel Medina, Oseias Eberhard, Venceslau Cabreira.

Confira também

Ribas vive expectativa de boom imobiliário com instalação da maior fábrica de celulose do mundo

Com cerca de 25 mil habitantes (IBGE 2020), Ribas do Rio Pardo vive a expectativa …