Alunos, voluntários e professor de judô agradecem apoio da prefeitura de Bodoquena

A equipe de alunos, voluntários e o professor de Judô, Walfrido Augusto Araujo Ferreira, da cidade de Bodoquena agradecem à Prefeitura Municipal pelo apoio e incentivo que vem lhes dando nesses últimos 2 anos;

Um agradecimento especial a Secretaria de Assistência Social que os apoia com Local de treinamento e disponibilizou mais de 80 tatames (peças caras usadas para prática esportiva) e mais de 20 kimonos (roupas usadas na pratica do judô).

É importante ressaltar ainda, que em dezembro de 2014 esse projeto voluntário de judô chamado “GAIV – judô construindo o amanhã” em parceria com a Prefeitura Municipal de Bodoquena conquistou um premio de âmbito nacional “Premio Idealista”.

Os GAIVs (Grupos de Ação Ideal Voluntário) são equipes formadas por profissionais voluntários interessados em atuar mais diretamente na implementação de ações sociais. Esses grupos desenvolvem e articulam suas atividades, prioritariamente alinhadas aos projetos e ações em andamento na comunidade e inseridas nos programas estruturantes desenvolvidos pelo Instituto Camargo Corrêa – ICC, sendo os quais: Infância Ideal, Escola Ideal e Futuro Ideal.

O professor de judô, em seu agradecimento, diz: “Eu, Walfrido Augusto Araujo Ferreira, voluntario do GAIV e sensei de Judô, quero agradecer de coração à Prefeitura por todo esse apoio, sem o qual não poderíamos desenvolver esse projeto no município. Com todo o empenho empregado, após 2 anos de treinamento, levarei 10 (dez) atletas no mês de setembro deste ano, para participarem de um torneio internacional de judô que acontecerá na cidade de Ponta Porã/MS, onde participarão atletas de diferentes níveis dos 3 países: Paraguay, Argentina e Brasil. Antecipo meu sincero agradecimento pela colaboração e apoio da Prefeitura de Bodoquena, por novamente contribuir para a participação desses jovens atletas nesse campeonato”.

Confira também

Rio Aquidauana deixa ribeirinhos desabrigados

O nível do Rio Aquidauana atingiu 7,9 metros e deixou ribeirinhos desabrigados na cidade. Segundo a Defesa Civil do …