Prefeito de Jardim representa municípios do MS e consegue vitória adiando prazos para iniciar obras

Vice-presidente da Assomasul, Dr. Erney da Cunha Bazzano Barbosa, esteve em Brasília em 18 de maio numa reunião com o senador Delcídio do Amaral – PT buscando assegurar verbas e prazos para obras em Mato Grosso do Sul. O resultado da reunião foi positivo com o Decreto de prorrogação 8.466 assinado pelo vice-presidente Michel Temer e o ministro do planejamento, Nelson Barbosa, publicado nesta quinta-feira – 11/06 – no Diário Oficial da União.

Para o vice-presidente da Assomasul e prefeito de Jardim, Dr. Erney da Cunha Bazzano Barbosa “foi uma vitória para 59 municípios do nosso estado, que agora vão ter mais tempo para agilizar ações, finalizar projetos e iniciar obras importantes em educação, saúde, saneamento, pavimentação e drenagem” – explicou. Segundo a Caixa Econômica Federal, as pendências de 79 municípios sul-mato-grossenses, eram até o dia 15 de maio e somavam 66 milhões de reais.

Após a reunião de 18 de maio, com o ministro das Relações Institucionais da Presidência da República, Eliseu Padilha, quando foi solicitada a prorrogação do prazo fixado pelo decreto 8.407 em 30 de junho, o novo decreto(8.466), publicado nesta quinta-feira – 11 de junho – autoriza entre outras medidas “que as unidades gestoras ( prefeituras )  responsáveis pela execução das despesas poderão desbloquear até 31 de agosto de 2015 os restos a pagar não processados, desde que, até essa data, seja iniciada a execução das despesas”.

Para Erney da Cunha Bazzano Barbosa, vice-presidente da Assomasul, “foi uma vitória para todo Mato Grosso do Sul, e um alívio para as prefeituras que agora podem correr contra o tempo, agilizar ações, fazer medições e cálculos, iniciando as obras até 31 de agosto de 2015. A prorrogação do prazo não acabou com o sufoco, mas nos devolveu a esperança. Vamos trabalhar.” – comemorou o prefeito.

Confira também

Cidades de MS com menos de 15 mil moradores têm risco extremo para coronavírus

Municípios com menos de 15 mil habitantes estão com risco extremo para transmissão do coronavírus …