FAB resgata corpos das vítimas de acidente aéreo com enfermeira de MS

A FAB (Força Aérea Brasileira) concluiu no final da tarde desta quarta-feira (3) o resgate dos corpos das vítimas do acidente com o helicóptero AS 355N, matrícula PR-ADA, desaparecido desde sexta-feira (29) na floresta Amazônica. A aeronave foi encontrada a aproximadamente 40 quilômetros a sudoeste do município de Tabatinga.

As cinco vítimas foram retiradas de rapel do local pela equipe de resgate do helicóptero H-60 Black Hawk. Os corpos foram levados para o Hospital de Guarnição de Tabatinga, onde serão identificados.

A aeronave desapareceu quando transportava a gestante Marceleia Cruz dos Santos Marubo, de 23 anos. Entre as vítimas estão a enfermeira Luzia Fernandes Pereira, moradora de Campo Grande, o piloto Alexandre Feliz Souza, a indígena grávida Luciana Guedes do Carmo e a acompanhante Marcelânia Souza da Silva.

Uma equipe do Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VII) já trabalha na investigação que vai apurar os fatores contribuintes do acidente.

Confira também

Áreas de convívio do novo Parque dos Poderes contarão com totem refrescante à academia

Iniciou esta semana a reforma do Parque dos Poderes, uma demanda já antiga da população …