Diretor da Sanesul é o primeiro do ‘alto escalão’ a ser exonerado por Azambuja

O diretor-presidente da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), Marcelo Amaral, pediu demissão do cargo ontem (16). A exoneração deve ser publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (17).

A informação foi confirmada pelo secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Migliolli. Ele explicou que Marcelo Amaral alegou motivos pessoais para a saída, sem entrar em detalhes sobre o que levou ao pedido.

Marcelo Amaral será substituído pelo atual diretor de administração e finanças da Sanesul, o agropecuarista Luiz Carlos Rocha Lima.  O diretor da Sanesul é o primeiro exonerado da gestão de Reinaldo Azambuja.

Marcelo Amaral já foi presidente da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande (Agereg), na gestão de Nelsinho Trad, superintendente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), diretor de Regulação Econômica da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan) e assessor técnico do Sindicato Rural de Campo Grande.

O novo presidente foi prefeito de Laguna Carapã por dois mandatos, diretor do Sindicato Rural de Ponta Porã durante quatro anos, diretor da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (ASSOMASUL) por dois anos e diretor da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (FAMASUL)

Confira também

Entenda as diferenças do 1º e 2º lote da Coronavac

Na sexta-feira (22), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o segundo lote da Coronavac. Mais 4,1 …