Com foco na agricultura familiar, MS promove Feira de Sementes Crioulas

Evento será realizado entre os dias 10 e 12 de julho, em Juti.
Objetivo é resgatar tradição camponesa de reproduzir sementes crioulas.

Com foco na agricultura familiar, a cidade de Juti, a 311 quilômetros de Campo Grande, sedia entre os dias 10 e 12 de julho, a 11ª edição da Feira de Sementes Crioulas. Um dos principais objetivos do evento é promover o resgate da tradição camponesa de cuidar, conservar, proteger e reproduzir sementes crioulas.

No dia 10 ocorrerá somente a abertura oficial. Já no dia 11, a programação prevê a realização de uma mesa redonda que vai discutir a comercialização da produção da agricultura familiar, como produtos agroecológicos e sementes crioulas, além de uma série de minicursos e oficinas que vão capacitar para a produção de doces a partir de frutos do Cerrado, homeopatia no tratamento de animais, restauração ecológica do Cerrado, enxertia e clonagem de plantas, sustentabilidade em propriedades agroecológicas, produção de orquídeas, automação em pequenas propriedades, artesanato com fibras e aproveitamento de resíduos sólidos.

No dia seguinte, a feira prossegue com vários minicursos na programação. Serão abordados: a produção de artesanato com matéria-prima do Cerrado, coleta e produção de mudas do Cerrado, produção de insumos agroecológicos, plantas medicinais do Cerrado,  diversidade de plantas “companheiras”, banco comunitário de sementes crioulas, sistema alternativo de irrigação de baixo custo, sustentabilidade e vida das mulheres e, por fim, produção de adubos orgânicos e substratos para mudas.

O evento está sendo promovido em parceria entre a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Associação de Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul (Apoms), Comissão Pastoral da Terra, Embrapa Agropecuária Oeste e Instituto Cerrado Guarani.

Confira também

Cidade de SP vacina hoje pessoas com 50 e 51 anos

A cidade de São Paulo inicia nesta sexta-feira (18) a vacinação contra a Covid-19 de pessoas …