Zeca propõe dobradinha com Delcídio nas eleições de 2018

Senador elogia atuação de deputado federal, mas ressalta que deve concentrar esforços para ampliar base do PT nas eleições municipais

 

Após encontro preparatório do PT para o Congresso Nacional, que será realizado em Salvador, o deputado federal José Orcírio dos Santos, o Zeca do PT, colocou seu nome à disposição para fazer uma dobradinha com o senador Delcídio do Amaral (PT) nas eleições estaduais de 2018.

Animado com a empreitada no Congresso Federal, o ex-governador cogita retornar ao posto, hoje ocupado por Reinaldo Azambuja (PSDB), ou concorrer a uma das duas vagas para o Senado disponíveis no próximo pleito. “Se o PT quiser indicar Delcídio para o Senado e eu para o governo ou o Delcídio para o governo e eu para o Senado eu topo”, declarou.

Líder da presidente Dilma Rousseff (PT) e no comando da CAE (Comissão de Assuntos Econômicos), o senador Delcídio do Amaral (PT) recebeu a proposta com bons olhos, mas ressaltou que vai concentrar esforços para as eleições municipais de 2016. “Tudo é possível e o Zeca é uma tremenda liderança. Um cara importante, que tem uma capilaridade enorme, um eleitorado forte. É uma das principais lideranças do partido”, destacou.

 

Mapeamento

Semana passada, o Partido dos Trabalhadores realizou um encontro da militância para discutir os rumos do partido, as alianças, candidaturas e as demandas que serão apresentadas ao diretório nacional. “Estamos trabalhando nos municípios onde há interesse de pré-candidatos para fazer uma avaliação local, mas ainda não estamos discutindo nomes, pois ainda estamos aguardando a votação da reforma política”, explica o presidente estadual da legenda e prefeito de Corumbá, Paulo Duarte.

Conforme o deputado federal Zeca do PT, o projeto das eleições municipais deve ser coerente com 2018. “Temos que ver como a gente vai construir o projeto. Em Campo Grande nós temos uma eleição aberta e o PT tem condições de fazer uma boa disputa. Temos que preservar Corumbá e retomar o projeto para Dourados e Três Lagoas”, enfatiza.

Na Capital, o senador Delcídio do Amaral aponta como principais pré-candidatos os deputados estaduais Amarildo Cruz e Pedro Kemp, além do presidente da Cassems (Caixa de Assistência ao Servidor do Estado), Ricardo Ayache. “Temos que ter bons candidatos para fazer a disputa, mas tem que ser uma disputa forte. O PT tem que se consolidar em Campo Grande. Não pode brincar não”, avalia.

Para o deputado federal Vander Loubet, a campanha para sucessão do prefeito Gilmar Olarte (PP) será pulverizada, repetindo pleitos históricos. “O Ayache é um grande nome que saiu fortalecido nas eleições passadas. Temos que juntar partidos nessa caminhada. Acredito que o quadro vai ser parecido com o das eleições de 1996, pulverizado. Campo Grande está na busca do novo e precisamos de uma pessoa que convença as pessoas disso”.

Em Dourados, segundo maior colégio eleitoral do Estado, o partido continua indefinido. De acordo com o senador Delcídio, a legenda quer o ex-deputado Laerte Tetila na disputa. “A gente está tentando convencer o Tetila lá. É um excelente nome e um dos caras mais respeitados no município. Dourados que está decepcionada com todos os problemas administrativos que enfrentou. Quem sabe não é hora de voltar com o Tetila?”.

Também apontado como um dos pré-candidatos na região, o deputado estadual João Grandão revela que pretende cuidar do mandato na Assembleia Legislativa, mas lista outros nomes indicados para o posto como os vereadores Dirceu Londres e Elias Ishy. “Nós temos em todas as cidades pessoas com condições de fazer a disputa. Em Dourados, a discussão tem que passar pela diretoria local, mas não tenho dúvidas que o PT tem muito a contribuir”.

O presidente estadual do PT, Paulo Duarte deve tentar a reeleição para a prefeitura em Corumbá. Segundo ele, o partido também estuda manter a mesma estrutura em Ponta Porã, onde Sônia Cintra é a vice-prefeita, e quer resgatar o protagonismo em Três Lagoas, onde os principais pré-candidatos são os vereadores Idevaldo Claudino e Gilmar Garcia. Os demais municípios também estão sendo mapeados.

 

Fonte:topmidianews

Confira também

Paulo Corrêa vai representar o governador Reinaldo Azambuja em agenda com Bolsonaro

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Corrêa (PSDB) …