Vereadores conhecem “novo Hospital da Vida” e comprovam que atendimento melhorou

Oito meses depois de a Prefeitura de Dourados assumir o Hospital da Vida, por iniciativa do prefeito Murilo, representantes do Poder Legislativo verificaram nesta terça-feira as mudanças que estão sendo feitas na unidade e comprovaram o que a população percebe no dia a dia: o atendimento à população melhorou, está mais humano e eficiente. Desde 1º de setembro de 2014, o hospital é gerenciado pela Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados).

Os vereadores Allan Guedes (DEM), Elias Ishy (PT), Madson Valente (DEM), Maurício Lemes Soares (PSB), Sérgio Nogueira (PSB), Aguilera de Souza (PSDC), Pedro Pepa (DEM) e Nelson Sudário (PSC) foram recepcionados pelo secretário de Saúde, Sebastião Nogueira, pelo presidente da Funsaud , Fábio José Judacewski, pelo gerente da fundação Cassio Humberto Rocha, pela diretora técnica da Funsaud Terezinha Pícolo e pelo diretor técnico do Hospital da Vida, Adriano Souza Santos. O secretário de Governo, José Jorge Filho, o Zito, acompanhou a reunião.

“Foram 20 anos sem nenhum investimento neste hospital. Quando assumimos não encontramos nada, faltavam equipamentos e os que existiam estavam sucateados, o prédio estava em pedaços, as postas caindo e pacientes entubados espalhados nos corredores. Sabemos que ainda está longe do ideal, mas já conseguimos melhorar o atendimento à população , tanto de Dourados quanto dos municípios da região, como determinou o prefeito”, afirmou aos vereadores o secretário Sebastião Nogueira.

Auxiliado pelos diretores da Funsaud e do hospital, o secretário apresentou números dos atendimentos feitos na unidade e falou dos investimentos realizados para reforma do prédio e instalação de mais equipamentos. O Hospital da Vida ganhou uma nova UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com 11 leitos e a antiga, com dez leitos, está sendo reformada e logo começa a funcionar.

Sebastiao Nogueira fez um relato das dificuldades enfrentadas nos primeiros dias após o município assumir o gerenciamento do hospital e disse aos vereadores que não havia nem medicamentos. “Tivemos de recorrer a outros hospitais da cidade e de Campo Grande para conseguir atender os pacientes. Hoje percebemos que a mudança deu certo e com o empenho do prefeito Murilo conseguimos melhorar os serviços do hospital. Ainda está longe do ideal, porque o número de pacientes atendidos aqui continua muito acima da capacidade e isso só vai melhorar profundamente quando a cidade ganhar um novo hospital”, afirmou o secretário.

Após responderem a alguns questionamentos sobre a saúde municipal, especialmente em relação ao funcionamento do Hospital da Vida, Sebastião Nogueira e os diretores da Funsaud e da unidade levaram os vereadores para uma visita às instalações. Eles percorreram os setores instalados após a mudança na administração, como as alas amarela e vermelha, conheceram a nova UTI e conversaram com pacientes e familiares de pessoas internadas no local.

Após a visita, o vereador Allan Guedes disse que o hospital está muito melhor em todos os aspectos. “Desde a recepção até a UTI, tudo melhorou. Assumir a administração foi uma atitude corajosa do prefeito Murilo”, afirmou ele.

Já o vereador Maurício Lemes Soares disse que as reclamações diminuíram. “Pra mim, dentro das limitações que temos de recursos (federais, estaduais e municipais), a saúde douradense tem sido uma guerreira. Após a ativação da UPA e da reforma do Hospital da Vida é possível perceber uma melhor organização. o secretário Sebastião Nogueira passa uma seriedade muito grande. O hospital teve uma notável melhoria, ao menos temos sido menos acionados pela população”.

Confira também

Paulo Corrêa vai representar o governador Reinaldo Azambuja em agenda com Bolsonaro

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Corrêa (PSDB) …