Pedreiro de 71 anos é preso por estupro ao abusar de jovem com deficiência

Um pedreiro de 71 anos, que teve a identificação preservada, foi preso na tarde desta sexta-feira (8), pelo crime de estupro de vulnerável. O caso está sendo investigado pela Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher), de Campo Grande.

O suspeito teria abusado de uma jovem de 23 anos, porém que tem uma mentalidade de uma criança de 11 anos. O fato ocorreu em novembro de 2014, porém o fato só veio à tona em dezembro, depois que o sobrinho da vítima fez uma gravação no celular.

A mãe da jovem, relatou à Polícia Civil que, conhece o idoso há alguns anos, pois ele trabalha para a patroa dela. A mulher o contratou para fazer alguns trabalhos no imóvel dela, porém na segunda vez que foi contratado, o pedreiro apareceu na residência um dia antes do combinado, ocasião que a jovem estava sozinha com o sobrinho de 11 anos.

Eles assistiam televisão, quando o pedreiro chegou ao local e mandou o garoto ‘ir brincar na rua’, entretanto, o menino ficou desconfiado daquilo e deixou o celular gravando na sala, sem que o homem visse.

Nas imagens, o pedreiro puxa a jovem que estava sentada no sofá, passa a mão nela, levanta o vestido e se esfrega. Por conta da demora ao realizar o abuso, o menino resolve retornar ao imóvel e o idoso disfarça.

Mais tarde, a criança viu a gravação e mostrou a filmagem para uma professora, que avisou a direção da escola e contou para a mãe da jovem. Ela foi orientada a procurar a delegacia para fazer a denúncia. A mulher de 23 anos passou por exames de corpo de delito que comprovaram o estupro, por conta disso um mandado de prisão foi expedido e ele preso.

Confira também

Frio intenso coloca assistência social em alerta na fronteira de MS

A assistência social de Ponta Porã, cidade de Mato Grosso do Sul que faz fronteira …