Peça teatral em Bela vista alerta contra exploração de crianças e adolescentes

Com apresentações de teatro e música ao vivo na voz do cantor Marcinho o CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social alertou os pais e alunos sobre o tema “18 de maio Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes”.

De acordo com a Secretaria de Assistência Social e Turismo, primeira dama Patricia Loureiro Ocariz de Sousa Rosa “o objetivo é mobilizar a comunidade bela-vistense para entrarem na campanha de combate a esse mal que assola a nossa sociedade, precisamos proteger as nossas crianças e adolescentes, a participação de todos é fundamental para o sucesso da campanha”.

Segundo a coordenadora do CREAS, Liberacy Lino Battilani (Cica) “a apresentação foi um sucesso pelo empenho de todas as pessoas que estiveram a frente da peça teatral, os pais devem estar atentos ao comportamento dos seus filhos para tentar protege-los”.

As apresentações culturais foram exibidas no Cine São José, localizado na Rua Antônio Maria Coelho no centro de Bela Vista (MS) na segunda-feira 18/5 nos horários 8h30 e 14h com entrada franca, No evento esteve presente a Comandante do Batalhão de Policia Militar de Bela Vista, Tenente PM Elka Ferraz Blanco e a vereadora Fabrizia Tinoco.

18 de Maio

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal 9.970/00, no dia 18 de maio, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória ES, um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o Caso Araceli.

Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de natureza hedionda, até hoje está impune.

A intenção do 18 de maio é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livre do abuso e da exploração sexual. (Fotos: Jonathan Torres)

Confira também

Governo do Estado inicia a restauração de 11km da MS-480, em Batayporã

Com a ordem de serviço assinada, o Governo do Estado deu início, na segunda-feira (06), …