Maratonista do MS é a 1ª mulher da América do Sul a conquista Green Number

Ana Márcia entrou para a história do atletismo mundial

Nascida em Rio Verde, município distante 204 km da Capital, a maratonista Ana Márcia Borges Gomes marcou história no atletismo mundial ao se tornar, neste domingo (31), a primeira mulher sul-americana a completar 10 vezes a maior ultra-maratona do mundo, na África do Sul.

Além de tradicional e mais antiga, a ultra-maratona ‘Comrades Marathon’, é considerada a mais importante e difícil da modalidade. Criada em 1921, para homenagear os soldados sul-africanos mortos na I Guerra Mundial, que  marcharem 2.700 km da África Oriental até a Alemanha, a prova tem hoje 8,7 km de extensão.

Do total do percurso, pelo menos 75 km são de subida, o que dificulta o ritmo e aumenta o nível dos competidores. Neste domingo, pelo menos 23 mil atletas de 60 países fizeram o trajeto entre as cidade sul-africanas de Durban e Pietermaritzburg.

Formada em direito, Ana Márcia tem 46 anos e há 22 anos exerce trabalha como Analista Judiciário, Especialidade Oficiala de Justiça Avaliadora Federal. Neste domingo ele conquistou o Green Number, prêmio dado ao seleto rol de atletas que completaram uma dezena de vezes a prova.

A atleta sul-mato-grossense completou o difícil percurso deste domingo com o tempo de o tempo de 10h27min34′. Desde que começou a competir, em 1999, Ana Márcia já participou de cerca de 200 provas em pelo menos 20 países.

TÓPICOS

 

Confira também

Brasil chega a 38,5 milhões de vacinados contra Covid, 18,23% da população

O Brasil alcançou neste sábado (15) a marca de 38,5 milhões de vacinados contra a …