Maratonista do MS é a 1ª mulher da América do Sul a conquista Green Number

Ana Márcia entrou para a história do atletismo mundial

Nascida em Rio Verde, município distante 204 km da Capital, a maratonista Ana Márcia Borges Gomes marcou história no atletismo mundial ao se tornar, neste domingo (31), a primeira mulher sul-americana a completar 10 vezes a maior ultra-maratona do mundo, na África do Sul.

Além de tradicional e mais antiga, a ultra-maratona ‘Comrades Marathon’, é considerada a mais importante e difícil da modalidade. Criada em 1921, para homenagear os soldados sul-africanos mortos na I Guerra Mundial, que  marcharem 2.700 km da África Oriental até a Alemanha, a prova tem hoje 8,7 km de extensão.

Do total do percurso, pelo menos 75 km são de subida, o que dificulta o ritmo e aumenta o nível dos competidores. Neste domingo, pelo menos 23 mil atletas de 60 países fizeram o trajeto entre as cidade sul-africanas de Durban e Pietermaritzburg.

Formada em direito, Ana Márcia tem 46 anos e há 22 anos exerce trabalha como Analista Judiciário, Especialidade Oficiala de Justiça Avaliadora Federal. Neste domingo ele conquistou o Green Number, prêmio dado ao seleto rol de atletas que completaram uma dezena de vezes a prova.

A atleta sul-mato-grossense completou o difícil percurso deste domingo com o tempo de o tempo de 10h27min34′. Desde que começou a competir, em 1999, Ana Márcia já participou de cerca de 200 provas em pelo menos 20 países.

TÓPICOS

 

Confira também

Brasileiros aproveitam feriadão para viajar pelo país

Mudança para melhor! Ainda estamos sob regras de biossegurança contra a Covid-19, mas é evidente …