Hospital Dia é inaugurado com 40 novas vagas para atendimentos psicossocial

Campo Grande (MS) – O governador Reinaldo Azambuja participou na tarde desta sexta-feira (22) da inauguração do Centro de Recuperação Psicossocial Maria Edwiges Borges-Hospital Dia em Campo Grande. A solenidade contou com a participação do secretário de estado de saúde Nelson Tavares, do presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, João Maria Lós e representantes do Hospital Nosso Lar.

O Hospital Dia possui 40 vagas para pacientes psiquiátricos, atendidos por convênios, particular ou encaminhados por decisão judicial. Os recursos da obra são da Central de Penas Alternativas do Tribunal de Justiça, vinculadas à 2ª Vara de Execução Penal de Campo Grande. Para a construção do novo hospital e compra de móveis, foram destinados pelo TJ R$ 346.200,00.

Para o governador Reinaldo Azambuja, a inauguração de uma nova unidade em saúde para cuidados psicossocial reforça as parcerias com o objetivo voltado a melhoria da saúde. “O Hospital Dia é resultado de uma parceria voltada para garantir o atendimento à população. O poder judiciário está de parabéns pelo esforço em viabilizar uma obra desta importância e o Governo do Estado se coloca à disposição para que esse atendimento seja mantido. Acredito que é através de uma parceria sólida pode-se chegar a grandes resultados, principalmente no que se refere à reestruturação da saúde”, disse o governador.

Para o secretário de saúde Nelson Tavares, as novas vagas reforçam a atenção em saúde psicossocial em Campo Grande complementando os atendimentos do Hospital Nosso Lar. “São 40 vagas importantes para a saúde psicossocial que ampliam os atendimentos direcionados ao Hospital Nosso Lar. O Hospital Nosso Lar tem o apoio da Secretaria de Estado de Saúde, para que este atendimento seja mantido, garantindo acompanhamento adequado aos pacientes encaminhados”, destacou.

O Hospital Dia faz parte do Hospital Psiquiátrico Nosso Lar de Campo Grande, que atende pessoas com transtornos mentais. O novo hospital atenderá de segunda a sexta-feira, no período da manhã e da tarde, pacientes que receberam alta do tratamento psiquiátrico e, também, pessoas encaminhadas pelos planos de saúde. No local as pessoas recebem a medicação, são acompanhadas por médicos e psicólogos, além de ter alimentação, atividades físicas e terapia ocupacional.

Os recursos para a construção e aquisição do mobiliário são oriundos das penas pecuniárias, arrecadas pela Central de Execução de Penas Alternativas (Cepa), vinculada à 2ª Vara de Execução Penal (VEP) da Capital. Com 40 vagas, o Hospital Dia complementa os serviços do Nosso Lar para os pacientes conveniados.

Confira também

Escolas de MS ficarão fechadas por um ano

O governo do Estado decidiu que o retorno das aulas na Rede Estadual de Ensino …