Fórum diz que Governo mantém índice zero para 55 mil servidores

O coordenador do Fórum dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul, Alexandre Barbosa, disse que após a reunião de mais de uma hora com o Governo nesta sexta-feira (22), nenhum novo índice foi apresentado. Com isso, mais de 55 mil servidores continuam com índice zero de reajuste.

Mais cedo, o Governo sinalizou 7,9% de reajuste na PCI (Parcela Constitucional de Irredutibilidade) para os funcionários que recebem o teto salarial de suas categorias, além de encaminhar a data base do ano que em para o dia 1º de maio. Um benefício que será concedido a apenas 10 mil dos 65 mil servidores. A proposta será oficializada na segunda-feira (25).

Segundo o Fórum, dos 16 sindicatos representados, apenas dois tem indicativo de greve: dos professores e da saúde. Os outros prometem panfletagem no Centro na terça-feira (26) e uma passeata a partir da Praça do Rádio Clube no sábado (30), além de não descartar levar o reajuste à Justiça.

“Apresentamos nosso cálculo de um superávit de R$ 200 milhões, segundo um levantamento feito a partir do tesouro nacional entre janeiro e abril e o Governo não apresentou nada, disse só que não tem como dar reajuste e insistiu que ele foi feito em dezembro”.

“Queremos e esperamos um convite do Governo para negociar. Não abrimos mão de uma reposição menor que a inflação”, concluiu Alexandre.

Confira também

Antecipação do 13° salário aos servidores estaduais vai movimentar economia de MS

A antecipação do pagamento da segunda parcela do 13° salário aos servidores estaduais, no próximo …