Empreiteira de ex-secretária de Trad fatura contrato de R$ 9 Mi com prefeitura

A Prefeitura Municipal de Campo Grande através da Seinthra abriu a proposta de Concorrência 04/2015. O valor do contrato é de R$ 9.751.523,78. A Construtora Pavitec foi a única participante do certame que prevê a implantação de corredor e recapeamento de 3,8 quilômetros da Avenida Bandeirantes, entre o Terminal Bandeirantes e a Avenida Afonso Pena, e propôs executar a obra, do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade Urbana, por R$ 9.751.438,32 o que significa a pífia redução de R$ 85,46.

A Pavitec é de propriedade de Eva de Souza Salmazo – ex-Secretária de Planejamento e Finanças na gestão Nelson Trad Filho (PMDB).

“Evinha” como é chamada pelos mais íntimos, é assessora e amiga pessoal da Deputada Estadual Antonieta Amorim Trad (ex-mulher de Nelsinho Trad). Antonieta é irmã de João Alberto Krampe Amorim dos Santos (dono da CG Solurb). O ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal, em seu ultimo discurso na Câmara Municipal de Campo Grande, afirmou, que um dos financiadores de sua cassação, seria justamente a CG Solurb de João Mãozinha…

Salmazo chegou a concorrer ao cargo de Vereadora em 2004 pelo PMDB, mas saiu derrotada do pleito.

Denúncias vem desde 2010…

Em 2010 o Vereador Paulo Pedra, hoje vice-presidente da CPI das Contas que investiga a Prefeitura de Campo Grande usou a tribuna da Câmara Municipal, para falar sobre as obras de reconstrução dos estragos provocados pelas fortes chuvas no dia 27 de fevereiro de 2010.

Das Cinco empreiteiras contratadas na época sem licitação para prestar serviço, a Pavitec, é de propriedade da ex-secretária de Planejamento e Controladoria de Campo Grande, Eva de Souza Salmazo, que foi substituída por Paulo Nahas. “Se não foi um ato ilegal, foi, no mínimo, um ato imoral”, disse condenando a atitude.

Confira também

Inscrições do vestibular da UFMS terminam hoje

As inscrições do vestibular da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) se encerram …