“Vamos avançar e manter o foco no combate à violência contra a mulher”, diz Simone Tebet

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) afirmou que o foco da Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher é avançar em relação às ações necessárias ao enfrentamento do problema.

Nesta terça-feira (14), a Comissão ouviu a ministra-chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci. Ela apresentou as ações da Secretaria e afirmou que a violência é a face mais cruel do machismo. “A execução é mais efetiva quando há o monitoramento dos parlamentares e da sociedade”, disse Eleonora.

A ministra sugeriu que a Comissão atue em prol da aprovação de projetos importantes que foram sugeridos pela CPMI, que trabalhou por três anos e produziu um relatório com a sugestão de vários projetos de lei, entre eles, o que tipifica o Feminicídio como crime hediondo, que virou lei recentemente.

“É um ponto de partida, vamos acelerar todos os projetos de lei que tramitam na Câmara ou no Senado”, afirmou a presidente da Comissão, Simone Tebet. A senadora explicou que a comissão permanente foi criada com o foco no combate de qualquer tipo de violência contra a mulher e temáticas paralelas em relação a questão de gênero serão debatidas em outras instâncias.

A relatora da comissão, Luizianne Lins (PT-CE), foi indicada nesta terça-feira. Ela deve apresentar um plano de trabalho em 30 dias.

Assessoria de imprensa

 

Raquel Madeira

Assessora de Imprensa da Senadora Simone Tebet

Confira também

Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose

Nesta semana, 1.305 cidades ficaram sem a segunda dose da vacina contra a covid-19 para …