Tereza Cristina solicita que prazo para produtor apresente Cadastro Ambiental Rural seja prorrogado

A deputada federal Tereza Cristina solicitou, nesta quarta-feira (22), a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, que o prazo para entrega do Cadastro Ambiental Rural seja prorrogado. O documento enviado pela parlamentar ao órgão federal reforça ofício da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso do Sul (Semade) para alteração da data e extensão do prazo.

Tereza solicita que o limite fixado em 6 de maio seja estendido até o dia 30 de setembro de 2015 para que as propriedades rurais possam ser inscritas e registradas no Cadastro Ambiental Rural – CAR, sem qualquer ônus para os proprietários das terras. “Solicitamos à ministra que este prazo seja dilatado, pois verificamos que o excesso de demanda está encarecendo os custos para elaboração de laudos técnicos, procedimentos necessários no caso do Cadastro Rural. Este já é um segmento muito onerado financeiramente”, justificou a deputada.

O órgão estadual alega inda, em comunicado oficial enviado a deputada, que até o momento apenas 4 mil imóveis rurais – o que representa 10% do total de área a ser cadastrada, já realizaram o procedimento. O quantitativo também se repete nos cadastros de assentamentos por todo o Estado, contabilizando assim, mais 10% dos imóveis devidamente regularizados.

Ações em parceira com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Sindicatos Rurais estão sendo estabelecidas para orientar os produtores quanto ao cadastramento no sistema. “Se nossa solicitação for atendida evitará que o produtor seja penalizado”, complementou Tereza Cristina.

Confira também

Câmara aprova texto-base que altera cálculo do ICMS sobre os combustíveis

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quarta-feira (13), por 392 votos a 71, …