Tereza Cristina diz que programas do Ministério da Agricultura podem reconhecer de vez atividade produtiva no país

A deputada federal Tereza Cristina defendeu nesta terça-feira (7), durante audiência pública com o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), André Nassar, que os programas da pasta para este ano estão sendo, pela primeira vez, reconhecidos por suas atividades produtivas.

Um exemplo citado pela deputada federal são os investimentos do Plano ABC – Agricultura de Baixa Emissão de Carbono, que liberou entre julho de 2014 e fevereiro deste ano cerca de R$ 2,5 bilhões em crédito em todo o país. “Este é o programa mais inteligente criado pelo MAPA nos últimos anos e que vai refletir na conscientização do produtor rural para as questões de desenvolvimento sustentável. Precisamos que as ações de recuperação de solos degradados saia do papel e seja colocado em prática, sendo mais utilizado”, reconheceu a deputada.

A aplicação dos recursos para o custeio do Plano Safra de 2015/2016 foram lembrados por Tereza Cristina, mesmo garantidos sem cortes, em relação ao ano passado, pelo governo federal, através do Ministério da Agricultura. “Este é um segmento que genuinamente necessita de muito crédito e estamos contabilizando alta significativa nos juros, o que gera um cenário de insegurança entre os produtores. Sabemos que este é um setor que move a economia brasileira”, disse Tereza.

Tereza ainda comentou a importância do reconhecimento que o segmento presenciado atualmente. “O Ministério da Agricultura está falando de igual pra igual com os outros Ministérios que gerenciam o país como o da Fazenda, Planejamento, Casa Civil e até mesmo a Presidência da República. A atividade produtiva está tendo o reconhecimento necessário, sem estar a reboque de outros setores”, declarou a deputada.

Confira também

Governador determina distribuição imediata das novas doses da vacina

A boa notícia do final de semana é que chegou na Capital, neste domingo, dia …