SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO RECEBE PRÊMIO NOS ESTADOS UNIDOS

Diretor da Escola Estadual Sidrônio Antunes de Andrade, de Sidrolândia, Vili Marcos Tognon participou, em Washington, D.C., Estados Unidos, na terça-feira (21), da cerimônia de premiação da segunda edição do Concurso “Governarte: a arte do bom governo”.

A Secretaria de Estado de Educação (SED) e a Geekie, parceiras na realização dos Geekie Games em Mato Grosso do Sul, foram as campeãs na categoria 3: setor privado + segundo nível administrativo neste prêmio internacional, promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para reconhecer experiências inovadoras da América Latina.

O diretor de Sidrolândia foi escolhido porque sua escola foi destaque nacional, com os estudantes tendo mais tempo de acesso e permanência na plataforma Geekie Games em 2014. Por conta disso, um representante do Ministério da Educação (MEC) também visitou a escola para sanar dúvidas e reconhecer a plataforma como instrumento de aprendizagem. “Conhecemos, gostamos e incentivamos a participação de nossos estudantes e eles obtiveram resultados positivos nos vestibulares, Enem e melhor rendimento em sala de aula”, destacou Tognon.

A equipe da escola e os estudantes destaques de proficiência, Druana Maciel Righez e João Paulo Marquetti, participaram de filmagens que foram exibidas durante a cerimônia de premiação.

Geekie Games

O Geekie Games é um projeto realizado pela Geekie que disponibiliza de forma gratuita as mais avançadas tecnologias de aprendizado adaptativo para todos aqueles que querem se preparar para o Enem. Em 2013 e 2014 o projeto foi realizado em conjunto com a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul e outros 10 estados, para possibilitar aos estudantes uma melhor preparação para o Enem visando um bom resultado no exame.

Ao entrar na plataforma online o estudante faz um teste diagnóstico para identificar quais são suas dificuldades e níveis de proficiência em diferentes assuntos. Com o relatório em mãos, o aluno tem acesso a um plano de estudos personalizado baseado nas suas dificuldades. Ao concluir essas atividades, o aluno faz um novo diagnóstico que testará além dos assuntos já abordados, outros diferentes com acesso a um novo plano de estudos. É dessa forma que a plataforma cobre todas as áreas de ensino do Enem e auxilia o aluno na sua rotina de estudos.

Os professores e gestores da rede pública tem, ainda, acesso ao desempenho dos seus alunos, podendo utilizar as informações para direcionar suas decisões em sala de aula.

Em 2013, o projeto ocorreu pela primeira vez entre 31 de agosto e 8 de outubro. Foram quase 14 mil estudantes de Mato Grosso do Sul utilizando a ferramenta, o que representou cerca de 7% do total de alunos que participaram do Geekie Games no Brasil. O Estado esteve entre os mais engajados entre as 11 secretarias parceiras do projeto. Durante os dois meses, foram realizados pelos alunos do Estado um total de quase 25 mil aulas online e mais de 490 mil exercícios. O tempo de permanência dos alunos na plataforma foi cerca de 1 hora e 58 minutos a cada acesso.

A parceria com a Secretaria de Estado de Mato Grosso do Sul possibilitou que o projeto alcançasse alunos de todas as camadas sociais, incluindo os jovens mais necessitados, que muitas vezes não tem acesso a esse tipo de tecnologia. O sucesso foi tanto, que na edição de 2014, ainda em andamento, já são mais de 25 mil alunos de Mato Grosso do Sul utilizando a ferramenta, o que representa 28% dos alunos da rede pública do Estado.

São beneficiados pelo projeto todos aqueles que querem se preparar para o Enem, principalmente da rede pública, sejam eles alunos do ensino médio, EJA ou, ainda, alunos que já estão fora da escola, mas que tem interesse em prestar o exame para conseguir certificado de conclusão do ensino médio ou ingressar em uma universidade. Além disso, professores, coordenadores e diretores escolares também são beneficiados pelo uso da ferramenta, por terem acesso aos relatórios periódicos de desempenho. Com as informações detalhadas sobre os alunos e turmas eles podem basear a gestão e planejamento escolar, além de orientar os professores no seu plano de aula semanalmente. Por fim, a Secretaria também é beneficiada por conseguir ter um diagnóstico da rede e se basear em dados para a melhor tomada de decisões. No Geekie Games 2013, 78% dos alunos que utilizaram a plataforma eram da rede pública de ensino. Em Mato Grosso do Sul esse percentual chegou a 92%.

Confira também

Análise: Inter supera susto, fica a um ponto da liderança e dá peso de final para jogo com São Paulo

A sexta vitória seguida do Inter no Brasileirão – novo recorde do técnico Abel Braga …