Reinaldo vê viabilidade em voo entre Campo Grande e Assunção

Campo Grande (MS) – O governador Reinaldo Azambuja, acompanhado do presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur), Nelson Cintra; do secretário de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Invoação, Athayde Nery e do secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, participou na manhã desta quarta-feira (1º) de uma reunião com representantes da empresa aérea boliviana, Amaszonas.

A empresa veio até o Estado para viabilizar a abertura de voo entre Campo Grande e Assunção, no Paraguai. Segundo o presidente da Amaszonas, Sérgio de Urioste, a intenção da empresa é abrir novos voos de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, até alguns destinos turísticos do Estado e de outras regiões do país.

“Temos o interesse em operar voos entre Campo Grande e Assunção, mas também temos o projeto de voos regulares de Santa Cruz de la Sierra até Corumbá, Bonito e Dourados no Estado, e em outras localidades no Brasil e na América do Sul”, disse Sérgio.

Reinaldo garantiu que o Estado tem interesse na abertura de voos regulares para esses destinos, e afirmou que a parceria seria muito benéfica para o desenvolvimento econômico de Mato Grosso do Sul.

“O voo de Santa Cruz de la Sierra até Corumbá é viável, assim como o voo entre Campo Grande e Assunção, pois a quantidade de negócios realizadas entre os países que fazem fronteira com o Estado tem aumentado muito nos últimos anos”, finalizou.

Confira também

Agepan será 1ª agência de regulação a aceitar Pix

Para oferecer agilidade e segurança a empresas e prestadores de serviços dos setores regulados, a …