PMA autua 26 e aplica R$ 22,2 mil em multas durante a Operação Semana Santa

Campo Grande (MS) – A operação Semana Santa, iniciada pela Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul (PMA) na última quarta-feira (1º) e finalizada na manhã de hoje (6), teve como saldo um total de 26 autuações e R$ 22,2 mil em multas. Com um efetivo de 280 homens, o objetivo da operação foi prevenir a pesca predatória.

Os resultados da fiscalização demonstraram que o foco realmente deveria ter sido a pesca, uma vez que a modalidade apresentou 26 ocorrências em apenas seis dias, sendo 10 por pesca predatória e 16 autuações por pesca sem licença.

Os números de autuados foram maiores em relação à operação passada, foram 18 autuações em 2014. Porém, a quantidade de pescado apreendida foi quase cinco vezes menor do que no ano passado, foram 50 kg contra 249 kg.

Com relação aos petrechos de pesca proibidos as apreensões foram dentro do esperado. As multas aplicadas nesta operação totalizaram R$ 22.280,00 contra R$ 165.596,00 de 2014. Essa diferença deveu-se ao fato de às ocorrências terem sido todas relativas à pesca, que preveem multas menores.

Este ano também foram desenvolvidas barreiras e combate ao desmatamento, poluição, extração ilegal de madeira, carvoarias irregulares e outros crimes ambientais contra a flora e fauna, com visitas às propriedades rurais. Mas neste caso não houve nenhuma infração o que explica o baixo valor da operação em relação a algumas operações anteriores.

Equipes da sede, localizada na Capital, trabalharam de forma itinerante em fiscalização no rio Paraguai, Anhanduí, Pardo, Apa, Aquidauana, Miranda, Piquiri, Correntes, Taquari e Coxim, bem como por terra.

Confira também

Sedhast aditiva contrato para R$ 9,4 milhões com empresa que fornece cesta básica

O contrato com a empresa Forthe Lux Comércio e Serviços, que fornece cestas básicas à …