Paciente e guarda municipal vão à delegacia após confusão em UPA

 

Do G1 MS

Um homem de 48 anos e um guarda municipal foram parar na delegacia de polícia após confusão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitário, em Campo Grande, na noite dessa terça-feira (14).

Segundo informações do registro policial, o suspeito chegou à unidade de saúde com dor de dente e reclamou da demora por atendimento. Na versão do guarda municipal, de 35 anos, à polícia, o homem chutou a porta da sala de triagem e após tentativa de conversa, os dois brigaram.

Outro guarda municipal, de 49 anos, se envolveu na briga. Pessoas que estavam na unidade de saúde também participaram e a confusão terminou quando várias delas saíram do local.

O paciente que chutou a porta teria simulado ataque cardíaco, foi atendido e depois levado à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga. O guarda municipal ficou com lesão na perna esquerda.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa e pertubação do sossego alheio. De acordo com o delegado Reginaldo Salomão, o suspeito assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência, se comprometendo a comparecer em juízo quando chamado, e liberado.

Confira também

Rascunho automático