Olarte assina ordem de serviço para recapeamento do primeiro trecho do Corredor Sudoeste

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, assinou na tarde desta terça-feira (28) a ordem de serviço para recapeamento do primeiro trecho do Corredor Sudoeste de Transporte Coletivo, previsto no projeto PAC Mobilidade Urbana. Neste primeiro trecho, serão recapeados 570 metros, entre a avenida Afonso Pena e a rua Brilhante. A obra está orçada em R$ 700.734,66 e tem previsão de ser concluída em 90 dias. Os serviços incluem sinalização horizontal e vertical, além da acessibilidade.

De acordo com Olarte, a obra marca um salto no desenvolvimento urbano da Capital, uma vez que proporciona um serviço de transporte coletivo mais eficiente e confortável. “Trezentos mil usuários serão beneficiados com a série de obras para implantação dos corredores exclusivos de ônibus, que tem início hoje. Com isso, as empresas também poderão oferecer um serviço de melhor qualidade aos usuários”, aponta.

Com vias exclusivas para transporte coletivo, a velocidade média de um ônibus aumenta de 14km/h para 28km/h, o que pode reduzir o tempo de viagem pela metade, aproximadamente. Com percursos mais rápidos e com menor dano para os veículos, o custo da passagem cai e permite novos investimentos. “Este corredor de ônibus vem em excelente momento e será uma nova realidade. O serviço de transporte urbano precisa ter qualidade, tanto no conforto como no encurtamento do tempo de viagem. O usuário cobra isso”, revela João Rezende, presidente do Consórcio Guaicurus.

Também presente na solenidade, o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha) da Prefeitura de Campo Grande, Valtemir Alves de Brito, destacou o trabalho da pasta na construção do projeto. “Houve uma grande mobilização da pasta para o desenvolvimento deste projeto, que tem um significado muito grande para a secretaria. A Seintrha está mostrando que tem competência técnica para desenvolver empreendimentos deste porte e até maiores”

PAC Mobilidade Urbana

Ainda neste semestre, ocorrerá a assinatura de ordem de serviço dos outros três trechos onde haverá recapeamento, correspondentes às ruas Brilhante (2,75 km); Bandeirantes (3,87 km) e Marechal Deodoro (2,45 km). Numa etapa seguinte, será licitada a implantação dos corredores e das estações de embarque e desembarque.

Com 21,7 quilômetros, o corredor exclusivo Sudoeste terá início no Terminal Aero Rancho, seguindo pela avenida Marechal Deodoro. Continuará pela avenida Bandeirantes, entrará pela Afonso Pena e seguirá até o Shopping Campo Grande, onde retorna pela outra pista, seguindo até em frente do Circular Militar, na rua Guia Lopes. De lá, passará pela rua Brilhante até atingir o Terminal Bandeirante e o Aero Rancho (pela avenida Marechal Deodoro). Como parte do projeto, todas as vidas vão receber recapeamento, menos a Afonso Pena, que já teve a capa asfáltica renovada, em 2011.

O projeto PAC Mobilidade Urbana prevê a implantação de três corredores do transporte em Campo Grande. Além do corredor Sudoeste, estão projetados os corredores Sul (centro/terminal Morenão/Guaicurus) e Norte (centro/terminal General Osório/Terminal Nova Bahia). São 61 km de recapeamento, drenagem, iluminação e acessibilidade, com orçamento total de R$ 116 milhões. Também há previsão de um viaduto no cruzamento da avenida Interlagos e Gury Marques, colocação de 500 abrigos em pontos de ônibus e quatro novos terminais de transbordo.

Confira também

Servidores começam dezembro com salário na conta; 2ª parcela do 13° será paga dia 10

Os servidores públicos estaduais começam dezembro com salário na conta, já no 1° dia útil …