Indicado como membro da nova CPI da Enersul, Paulo Corrêa quer ser presidente

O deputado Paulo Corrêa (PR) será um dos membros da nova CPI da Enersul, já aprovada pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul e aguardando apenas a indicação dos membros para ser instituída. O parlamentar afirmou ainda que vai entrar na disputa pela presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito.

Hoje (01/04), durante reunião no Plenarinho da Casa de Leis, o Bloco Suprapartidário formado pelos pequenos partidos e liderado pelo republicano, escolheu os nomes que vão integrar a comissão. Além de Paulo Corrêa, foi indicado como titular o deputado Beto Pereira e como suplentes respectivamente os deputados Barbosinha e Mara Caseiro.

Logo após a reunião, Paulo Corrêa anunciou na sessão plenária a decisão dos membros do Bloco e manifestou a vontade de ser o presidente da nova CPI da Enersul. Ele, que presidiu a primeira CPI que investigou e comprovou desvios de dinheiro na concessionária de energia, justificou que sua experiência conta muito e que o principal objetivo é esclarecer se mais uma vez houve prejuízo para os consumidores sul-mato-grossenses.

“Vamos representar o Bloco na CPI da Enersul com o espírito claro e definido de defender o consumidor de Mato Grosso do Sul. Vamos a fundo a todas as denúncias que foram feitas, com muito equilíbrio, com muita cautela. Tudo isso realizamos na outra CPI e não tivemos problema, pelo contrário, conseguimos devolver quase R$ 200 milhões para a população. Agora vamos agir da mesma forma, clareando para a população se tem envolvimento de políticos, se não tem e apurando todas as denúncias”, disse.

Ainda durante a sessão de hoje, os deputados marcaram uma reunião para a próxima terça-feira às 14 horas, no Plenarinho, com todos os deputados que devem compor a CPI para definir quem serão presidente e relator da Comissão.

Confira também

Saúde envia 4,6 mil doses remanescentes da Janssen para 5 municípios de MS

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) publicou no Diário Oficial desta terça-feira (27) o remanejamento …