Fórum dos Servidores Públicos se reúne com secretário de Governo para debater sobre canal de negociação

Na manhã desta segunda-feira (6), nós, dirigentes que compõem o Fórum dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul, nos reunimos com o Secretário de Governo e Gestão Estratégica do Governo do Estado, Eduardo Riedel, para debater alguns pontos em relação a minuta de criação do Fórum Dialoga, canal de diálogo proposto pelo poder público estadual para se debater diversas questões do funcionalismo público com as entidades representativas das categorias dos servidores de MS.

Durante a reunião deixamos claro que esse canal de diálogo deve ser deliberativo, propositivo e abranger um Fórum permanente de negociação que vise de fato e de direito a valorização dos trabalhadores do poder público estadual, que doam dia a dia o seu melhor para a construção de um Mato Grosso do Sul mais justo e digno.

O Fórum aproveitou a oportunidade para se posicionar contrário à declaração do gestor público, que deixou claro para a imprensa que o cenário econômico do Estado pode prejudicar, e muito, o reajuste dos servidores públicos que possuem sua data base em maio deste ano. Em outro ponto o secretário ainda disse que os servidores públicos poderiam ficar “tranquilos” em relação a isso, pois “fóruns” de debate estavam sendo montados para se debater a situação com os sindicatos representativos das categorias. Deixamos claro que, até o momento, nenhum dos nossos sindicatos, federações ou associações foram procurados e acreditamos que antes de publicitar tal polêmica o Governo deveria utilizar o canal de diálogo, como o “Fórum Dialoga”, criado recentemente, justamente para isso.

Tanto na reunião, quanto aqui, este Fórum deixa claro que irá lutar para mudar qualquer realidade que possa atingir os direitos de valorização dos servidores públicos de MS, pois não podemos pagar os ônus da política econômica de arrecadação do Estado.

O secretário Eduardo Riedel ficou de averiguar sobre as declarações do colega no Campo Grande News e também de dialogar com o Governo do Estado sobre as alterações solicitadas pelo Fórum na minuta de construção do Dialoga.

Ficamos no aguardo, esperando que o Governo preze pela concretização de um diálogo verdadeiro que tenha o real objetivo de valorizar as categorias dos servidores públicos de Mato Grosso do Sul.

Confira também

“Ameaça” de Arroyo ajudou PF em investigação

Mais de seis anos depois da indicação e confirmação de Osmar Jeronymo como conselheiro do …