Designer de moda do Senai orienta alunos de curso vestuário da Capital e Dourados

Do desenho da peça até a passarela, com todo processo acompanhado por um designer de moda de renome nacional. Essa é a experiência que 70 alunos do curso técnico do vestuário do Senai de Campo Grande e de Dourados estão vivenciado com a visita de Flávio Sabrá, gerente de Inovação, Estudos e Pesquisas do Senai Cetiqt (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil), do Rio de Janeiro (RJ), doutorando em Design na PUC-RJ e com experiência no mercado de 27 anos, tendo atividades diversas dentro da cadeia têxtil, desde o desenvolvimento de projetos até a comercialização.

Ele esteve nesta quarta-feira (08/04) no CTV (Centro Tecnológico do Vestuário) do Senai de Campo Grande e, na quinta-feira (09/04), estará no CTV do Senai de Dourados para ter o primeiro contato e auxiliar os alunos na confecção de peças para o desfile que será realizado nos dias 28 e 29 de abril durante a Caça Talentos Expo, no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande.

“Conhecer o que está sendo desenvolvido, o processo, ajudar na metodologia do trabalho e da apresentação final são os objetivos para auxiliar no desenvolvimento da criação e ordenar quais serão apresentados no desfile”, disse Flávio Sabrá, completando que é muito importante conhecer as necessidades da indústria local para identificar novos talentos no segmento da indústria têxtil e do vestuário do Estado. “Já conhecia os produtos que são desenvolvidos aqui em Mato Grosso do Sul e a impressão que tive dos alunos do Senai foi muito boa”, ressaltou.

Para a coordenadora do CTV do Senai de Campo Grande, Ivana Jambersi, a presença do designer renomado serviu para somar conhecimento para ter inovação nos produtos desenvolvidos para ter concorrência com o mercado mundial. “Essa troca de experiências com certeza tem uma importância muito grande para nós e para os alunos, pois o nosso foco maior é estarmos atentos para ter identidade no nosso Estado”, declarou.

Já a instrutora de modelagem e costura do Senai Campo Grande, Gislaine Mascarenhas, acredita que esse contato que os alunos estão tendo com o designer é proveitoso. “Os alunos ganharam mais conhecimento nesse primeiro contato, tiraram algumas dúvidas e será muito bom para aprimorar em todos os processos até a passarela”, pontuou.

Para a aluna Lizete Medeiros de Souza, 53 anos, foi muito interessante o bater um papo com um especialista. “Só temos a ganhar com as experiências e aprendizados trocados. Abriu a nossa mente para as novidades do mercado de trabalho”, comentou aluna que irá confeccionar um vestido de festa para o desfile.

Confira também

MS já tem 131 mil vacinados contra Covid-19

Em Mato Grosso do Sul, 131.498 pessoas já receberam a primeira dose de vacinas contra a Covid-19. …