Deputada Grazielle Machado defende fim das casas de prostituição

A deputada estadual Grazielle Machado (PR), 2ª vice-presidente da ALMS, defendeu o fechamento de casas clandestinas de prostituição em Mato Grosso do Sul. Durante sessão plenária desta quarta-feira (22/4), a parlamentar pediu amparo às meninas vítimas de exploração e punição aos aliciadores.

“Lanço o desafio ao governo do Estado, por meio do secretário de Segurança Sílvio Maluf, de acabar com essas casas que abrigam meninas e mulheres que são obrigadas a vender o próprio corpo”, ressaltou.

De acordo com Grazielle, que está no oitavo mês de gestação, a questão vai além de discussões moralistas e religiosas. “Como mãe, defendo mais do que o fim dessas casas, defendo os valores da família que é a maior instituição de todas”, afirmou.

Para a deputada Antonieta Amorim (PMDB), é preciso criar políticas públicas que vão ao encontro da proteção à família. “Se não sanarmos esse problema agora, esta Casa de Leis estará daqui a 20 anos lutando pela mesma causa”, disse a parlamentar, que reforçou a importância de punir aliciadores.

Confira também

TRF-3 derruba liminar e João Baird volta a responder por evasão de divisas

Por unanimidade, desembargadores da 5ª Turma do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) derrubaram …