Deputada Grazielle Machado defende fim das casas de prostituição

A deputada estadual Grazielle Machado (PR), 2ª vice-presidente da ALMS, defendeu o fechamento de casas clandestinas de prostituição em Mato Grosso do Sul. Durante sessão plenária desta quarta-feira (22/4), a parlamentar pediu amparo às meninas vítimas de exploração e punição aos aliciadores.

“Lanço o desafio ao governo do Estado, por meio do secretário de Segurança Sílvio Maluf, de acabar com essas casas que abrigam meninas e mulheres que são obrigadas a vender o próprio corpo”, ressaltou.

De acordo com Grazielle, que está no oitavo mês de gestação, a questão vai além de discussões moralistas e religiosas. “Como mãe, defendo mais do que o fim dessas casas, defendo os valores da família que é a maior instituição de todas”, afirmou.

Para a deputada Antonieta Amorim (PMDB), é preciso criar políticas públicas que vão ao encontro da proteção à família. “Se não sanarmos esse problema agora, esta Casa de Leis estará daqui a 20 anos lutando pela mesma causa”, disse a parlamentar, que reforçou a importância de punir aliciadores.

Confira também

Câmara de Jardim aprova por unanimidade aumento de repasse para UTIs do Hospital Marechal Rondon

Em sessão extraordinária presidida pelo vereador Glaucio Cabreira (PSDB), realizada na manhã desta quinta-feira (17), …