Cérebro de paciente com raiva humana está normal, diz HU em MS

Medicamentos enviados pelo Ministério da Saúde chegaram na segunda.
Segundo hospital, paciente continua em estado grave e coma induzido.

Do G1 MS

O paciente de 38 anos que está internado com raiva humana no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, passou por exames neurológicos nesta terça-feira (21). Segundo o boletim médico, o resultado indica que o cérebro do paciente está em funcionamento.

O homem chegou ao hospital no dia 18 de abril com sintomas da doença que foi confirmada posteriormente. Três dias depois, o paciente que é de Corumbá, município distante 415 quilômetros da capital, continua em estado greve e coma induzido.

Os medicamentos previstos no protocolo para tratamento da raiva humana – protocolo de Recife – chegaram em Campo Grande na noite de segunda-feira (20). O Ministério da Saúde também enviou a sapropterina. O tratamento é experimental e salvou a vida de um adolescente em 2008, no estado de Pernambuco.

Conforme a assessoria do hospital, o homem contraiu a doença por meio da mordida de um cachorro. Segundo dados do Ministério da Saúde, o último caso de raiva humana em Mato Grosso do Sul foi registrado em 1994.

Confira também

MS inicia amanhã distribuição de 49,5 mil doses

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) inicia na manhã de sexta-feira (26) a distribuição de 49.548 doses da …