Agressor pagará R$ 20 mil por agredir ex em 26 anos de casamento

Separada desde 2009, após 26 anos de um casamento marcado pela violência doméstica, uma mulher conseguiu na Justiça indenização por danos morais. O pedido da Defensoria Pública era de R$ 100 mil, mas o juiz da 16ª Vara Cível de Campo Grande, Marcelo Andrade Campos Silva, fixou a indenização em R$ 20 mil. O valor será pago pelo ex-companheiro.

Na ação, a vítima afirma que registrou vários boletins de ocorrência devido às agressões sofridas e que pelo intenso sofrimento psicológico que vivenciou se viu obrigada a procurar acompanhamento psicológico para a separação.

Os abalos psicológicos foram confirmados por laudo médico, que comprovou a gravidade dos danos morais. Para o magistrado, o fato de o réu não ter apresentado resposta à ação pode indicar veracidade nas alegações, o que ficou demonstrado por meio de boletins de ocorrência.

Aline dos Santos

Confira também

CGE determina retorno presencial de servidores

A CGE-MS (Controladoria-Geral do Estado) determina o retorno ao trabalho presencial dos servidores, devido ao …