Policiais Civis preparam manifestação por morte de colega em Ponta Porã

Os policiais civis do Estado estão preparando uma manifestação pela morte do investigador Cláudio Roberto Alves Duarte (39 anos), ocorrida na noite desta quarta-feira (18) em Ponta Porã. O protesto está agendado para esta sexta-feira (20), às 08h30, na frente da Depac Centro na capital.

O assassinato do investigador que aconteceu enquanto defendia um cidadão, demonstra o comprometimento da classe com a sociedade. No entanto, também comprova a falta de investimentos por parte do governo federal e estadual no setor da Segurança Pública em ações preventivas e de treinamento constante do efetivo.

Em 2014, quatro policiais civis morreram enquanto trabalhavam. Já neste ano, este é o primeiro caso na Polícia Civil, contudo é o terceiro na área da Segurança Pública. Em fevereiro, o agente penitenciário Carlos Augusto Queiroz de Mendonça foi morto dentro Estabelecimento Penal de Regime Aberto e Casa do Albergado. Já no dia 02 de março, o policial militar João Márcio Leite da Cruz (34 anos) foi morto na cidade de Ladário-MS.

“Nós não aceitamos que a morte de um agente policial seja tratada com descaso, pois toda vez que um policial é assassinado, a sociedade também perde”, declarou o presidente do Sinpol-MS (Sindicado dos Policiais Civis de MS), Alexandre Barbosa.

Recentemente, o governo estadual anunciou na imprensa que sua prioridade é a Segurança Pública e que está fazendo um estudo para alocar os recursos. Contudo, é necessário o investimento imediato em equipamentos e efetivo. “O crime está se organizando e é dever do Estado combatê-lo”, declarou Barbosa.

O Sinpol-MS apoia o protesto agendado para amanhã e pede a adesão da sociedade na luta contra a criminalidade. “Somente com o apoio do estado e da sociedade, a polícia será fortalecida”, concluiu.

Serviço:

O que: Manifestação por morte de policial civil
Quando: 20 de março às 08h30
Onde: Depac Centro – Rua Padre João Crippa, 1.581 (entre as ruas Dom Aquino e Cândido Mariano) – Campo Grande – MS

Confira também

Entenda as diferenças do 1º e 2º lote da Coronavac

Na sexta-feira (22), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o segundo lote da Coronavac. Mais 4,1 …