Polícia prende um dos maiores traficantes de drogas da América Latina

Procurado pela Interpol, Vilmar Neneco Acosta Marques, ex-intendente da cidade paraguaia de Ype-Jhu e considerado o maior traficante internacional de drogas e contrabandista da fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, foi preso na tarde desta quarta-feira (4), em Dourados, por investigadores da Delegacia Regional da Polícia Civil de Naviraí.

Apontado como o mandante da morte de um casal de jornalistas da BBC e de inúmeros homicídios e chacinas ocorridos na divisa de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, o acusado passou a ser temido pela população e procurado pelas polícias americanas, paraguaias e brasileiras. Monitorado pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Neneco acabou preso em Dourados, onde estava escondido.

Todos os detalhes das investigações e informações sobre o destino de um dos maiores traficantes de drogas da América Latina serão repassados pelo Delegado-Geral da Polícia Civil, Roberval Maurício Cardoso Rodrigues, durante uma entrevista coletiva que acontece nesta quinta-feira (5), às 9 horas da manhã na sede da Delegacia Geral da Polícia Civil (DGPC), localizada na rua Desembargador Leão Neto do Carmo, no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

Confira também

Saúde envia 4,6 mil doses remanescentes da Janssen para 5 municípios de MS

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) publicou no Diário Oficial desta terça-feira (27) o remanejamento …