Mochi representa ALMS em seminário nacional de fundações de saúde

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (PMDB), participou nessa quarta-feira (25/2) da abertura do II Senafes (Seminário Nacional das Fundações Estatais de Saúde), realizada no auditório da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul). O evento reúne dirigentes de 20 fundações estatais de diversos estados brasileiros, além de autoridades e especialistas na área da saúde.

“Não existe local em que as maiores demandas e até mesmo críticas não sejam relacionadas à resolutividade na saúde pública e, portanto, temos que adotar medidas que garantam mais eficiência no atendimento aos cidadãos de Mato Grosso do Sul e do país”, afirmou Mochi. Segundo ele, a gestão das fundações estatais é considerada exemplo de eficiência e deverá ser disseminada nos estados. “É um modelo que funciona e garante mais agilidade, o que resulta em melhor atendimento à população”.

Para o diretor geral da FHGV (Fundação Hospitalar Getúlio Vargas), Juarez Verba, reeleito vice-presidente da Anfes (Associação Nacional das Fundações Estatais de Saúde), o SUS (Sistema Único de Saúde) precisa de controle público e social. “Este debate é importante por ser pioneiro e temos que lembrar que as fundações oferecem uma alternativa de gestão do Serviço Único de Saúde com qualidade, agilidade e eficiência”, enfatizou.

O seminário é uma realização da Anfes. Até amanhã serão debatidos os avanços já alcançados pelas fundações estatais (fundações públicas de direito privado) instituídas no País, no âmbito da saúde pública, e os principais desafios relacionados à segurança jurídica do marco regulatório; à adequação como solução jurídico-institucional para a execução de ações e serviços públicos de saúde. Também serão apresentadas ferramentas de apoio e de financiamento à gestão da educação e do trabalho, visando à educação permanente e à formação em serviços.

Confira também

Com apoio do Governo, Frigorifico de Maracaju é reativado e recebe SISBI para retomar operações

A atuação do Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Semagro (Secretaria de …