Ministra Cármem Lúcia participa de congresso jurídico na capital

Entre os dias 25 e 27 de arco ocorre em Campo Grande, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, o 1º Congresso Panthéon Jurídico, que visa o enriquecimento intelectual no campo jurídico. Estão confirmadas as presenças e palestras da vice-presidente do ST, ministra Cármem Lúcia, Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, e Jurista Prof. Dr. Guilherme de Souza Nucci, mais consultado, na atualidade, em matéria de Direito Penal e Processo Penal, Dr. Prof. Dr. Ives Gandra da Silva Martins, entre outros.

Os interessados devem fazer suas inscrições, que são somente no site http://www.pantheonjuridico.com.br. As vagas são limitadas com custo de R$ 80 para acadêmicos e R$160,00 para profissionais. O certificado será emitido após a realização do evento, tendo a carga horária de 15 horas, muito próximo do que as Universidades Sul-mato-grossenses aceitam, que é de 20 horas.

A Ministra Cármem Lúcia vai proferir sobre “O Papel do STF na Efetivação dos Direitos Humanos. Outro grande nome que virá a Campo Grande é o Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, e Jurista Prof. Dr. Guilherme de Souza Nucci, mais consultado, na atualidade, em matéria de Direito Penal e Processo Penal. A palestra de Nucci aborda os “Princípios Constitucionais Penais e Processuais: Uma Nova Visão”.

É importante ressaltar que durante o julgamento da Ação Penal 470 (mensalão) , as teses do jurista Guilherme de Souza Nucci foram citadas tanto pelo Procurador-Geral da República na acusação como pelas defesas em suas sustentações, bem como pelos próprios ministros do Supremo Tribunal Federal.

No que tange a matéria a respeito do Estado, Dr. Prof. Dr. Ives Gandra da Silva Martins, autor de mais de 300 obras no ramo do Direito e aclamado pelos maiores juristas do país como “O Mestre dos Mestres”. Irá tratar do tema: “As Razões da Ineficiência do Estado Brasileiro.

O Congresso Panthéon Jurídico também reúne outros nomes importantes no cenário nacional como o Dr.Prof. Dr. Cássio Scarpinella Bueno, o Dr. Roberto Antônio Busato, o Dr. Sérgio Vieira Miranda da Silva e o Dr. Ricardo Elias Maluf.

Confira também

Com variante do coronavírus, MS chega a 94% de leitos UTI ocupados

Apesar de já ter vacinado 125.183 pessoas contra a Covid-19, Mato Grosso do Sul vive seu pior momento …