Longen recebe Rudel para tratar de projeto para ampliar uso do gás natural

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, recebeu, na noite desta terça-feira (10/03), no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS), o diretor-presidente da MS Gás, Rudel Espíndola Trindade Júnior, para tratar de projeto de uso do gás natural como importante alternativa energética em tempos de alta da energia elétrica provocada pela escassez de recursos hídricos para abastecer as hidrelétricas. “O intuito é desenvolver um projeto conjunto que permita a captação de empresas para Mato Grosso do Sul, tendo como atração a abundância do gás natural oriundo da Bolívia”, reforçou Sérgio Longen.

Ele destacou que o projeto está no início, mas será uma grande ferramenta para atrair novos investimentos para o Estado. “O diretor-presidente da MS Gás veio colocar-se à disposição para participar do projeto e é nosso interesse evoluir com um produto que corta Mato Grosso do Sul, que precisa ser melhor aproveitado pelo setor industrial”, declarou, ressaltando que a área técnica da MS Gás deve contribuir em muito com a equipe técnica do Senai para alavancar o projeto de ampliação do uso do gás natural boliviano.

Já Rudel Trindade ressaltou que as indústrias representam a maior parte dos consumidores de gás natural em Mato Grosso do Sul e esse volume pode ser ampliado ainda mais. “Temos uma forte participação em Três Lagoas e Campo Grande, embora tenhamos redes residenciais muito boas. No entanto, chegou a hora de trabalharmos cada vez para ampliar a utilização do gás natural, que está à disposição do setor produtivo”, pontuou.

O gás natural proveniente da Bolívia comercializado pela MS Gás apresenta características como ser inodoro, poder calorifico superior, não é toxico e dissipa-se facilmente na atmosfera, apresentando boa aparência, firmeza e uniformidade com coloração azulada. Para a distribuição do gás, a MS Gás conta com Sistemas de Distribuição de Gás Natural compostos por tubos de AC (Aço Carbono), PEAD (Polietileno de Alta Densidade) e PA-12 (Poliamida 12), que permeiam pelas cidades de Campo Grande, Três Lagoas e Corumbá, sendo quase 214 quilômetros de rede de ramais nas cidades citadas.

Confira também

Servidores começam dezembro com salário na conta; 2ª parcela do 13° será paga dia 10

Os servidores públicos estaduais começam dezembro com salário na conta, já no 1° dia útil …