Início das aulas do curso de medicina da UEMS é um marco para o estado

Campo Grande (MS) – Foi realizado na manhã desta segunda-feira (9) a Aula Inaugural do Curso de Medicina da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Destaque entre os dez cursos de medicina mais concorridos do país e o mais concorrido no Estado, o curso de medicina da Uems ofereceu no processo seletivo 48 vagas, sendo que 33 foram para ampla concorrência, 10 para negros e 5 para indígenas.

Inicialmente, o curso de medicina funcionará nas estruturas da Faculdade Estácio de Sá, enquanto as obras da Unidade da UEMS de Campo Grande não ficam prontas. A entrega das obras está programada para o mês de junho de 2015.

Para o reitor da universidade, Fábio Edir dos Santos Costa, o curso é um marco para o Estado e vai oferecer toda a estrutura necessária para que os acadêmicos possam ter um bom desempenho na aprendizagem. “Essa 1ª turma de medicina da Uems é um marco para Mato Grosso do Sul e certamente com a estrutura que a Estácio de Sá está disponibilizando temporariamente é suficiente para atender nossos acadêmicos para que todos tenha uma aprendizagem de excelência”, disse.

Ainda de acordo com o reitor, desde o início do curso, os acadêmicos terão atuação prática junto aos postos e às unidades de saúde de Campo Grande. “Desde o início, através de um convênio com a Fundação de Saúde de Campo Grande, os alunos terão aulas práticas de atenção básica à saúde da população, onde certamente serão atendidas as necessidades da população, além de colaborar com o aluno no crescimento da sua aprendizagem”, afirmou.

Para os acadêmicos João Pedro Basmage (17) e Vitor de Souza (19), o início das aulas da 1ª turma do curso de medicina da Uems é um avanço para o crescimento do Estado e da faculdade na formação de profissionais médicos que irão atender as demandas da população. “É importante à formação de médicos, com as aulas práticas nos postos e unidades de saúde, onde o acadêmico vai conhecer de perto a realidade da situação da saúde no país”, disseram.

Obras

A unidade da Uems de Campo Grande conta com investimento aproximado de R$ 45 milhões, para uma área construída de 18 mil m², com cinco blocos de salas de aula, laboratórios, biblioteca e um anfiteatro próprio. O terreno da unidade tem 120 mil m² e está localizado na rodovia MS-080, na saída para Rochedo, ao lado do Centro de Pesquisas da Agraer.

Após a conclusão das obras, a estimativa é que a unidade poderá atender cerca de 1.800 alunos, dos seguintes cursos de graduação: Artes Cênicas, Geografia, Letras, Letras Português-Espanhol, Letras Português-Inglês, Pedagogia, Turismo e Medicina.

Além disso, a unidade oferecerá os seguintes cursos de pós-graduação: Especialização em Ciências de Linguagem, mestrado acadêmico em Letras, mestrado profissional em Letras e mestrado profissional em Educação.

Confira também

Procon: pesquisa do Dia de Finados mostra diferença de até 500% no preço dos produtos

Pesquisa do Dia de Finados realizada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS) …