Faltam 500 dias para os Jogos Olímpicos Rio 2016

O Comitê Rio 2016 celebrou o marco de 500 dias para a inauguração da Vila Olímpica e Paralímpica. Com 75% das obras concluídas, o complexo residencial – em construção na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio – será a casa dos atletas durante as competições. E as primeiras delegações poderão se “mudar” para lá 12 dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos, marcada para 05 de agosto de 2016.

“A Vila será a primeira instalação dos Jogos a ser aberta aos atletas. Ela estará de portas abertas para recebê-los às 9h do dia 24 de julho de 2016 e já terá toda sua estrutura em pleno funcionamento”, afirma Mario Cilenti, diretor da Vila Olímpica e Paralímpica do Comitê Rio 2016.

Em construção desde julho de 2012, a Vila ocupa uma área de 475.000 m², que abriga 31 prédios de 17 andares, divididos em sete condomínios. Os 3.604 apartamentos e 10.160 quartos dos edifícios terão capacidade para receber até 18 mil hóspedes.

Após a conclusão da obra, prevista para acontecer até o fim deste ano, terá início o processo de transformação do complexo residencial para receber os atletas. As estruturas temporárias que serão montadas incluem uma policlínica, um refeitório com capacidade para 5.000 pessoas e, é claro, uma academia.

“Tudo está correndo muito bem na Vila. Estamos trabalhando em parceria com o consórcio Ilha Pura e contamos com uma equipe muito qualificada, que tem larga experiência em outras edições dos Jogos. Tomaremos posse da Vila no dia 1º de março de 2016 e, neste momento, iniciaremos a transformação estrutural e a instalação do mobiliário e do cabeamento”, explica Cilenti.

A Vila está sendo construída nos arredores do Parque Olímpico da Barra, que será o coração dos Jogos. A instalação foi projetada para oferecer aos atletas Olímpicos e Paralímpicos o maior conforto possível durante sua estadia no Rio. E precisa atender a todos – dos gigantes do basquetebol aos atletas mais fortes do mundo do levantamento de peso.

Para isso, os chuveiros terão altura padrão de 2,20m, ao invés dos 2,10m tradicionais, as camas terão 2,17m de comprimento e as portas serão 10cm mais largas que as convencionais. O Comitê Rio 2016 chegou a convocar um grupo de atletas e ex-atletas para ajudar a escolher os móveis que serão utilizados.

Confira também

Vasco apresenta balanço financeiro e anuncia dívida superior a R$ 800 milhões

Em evento inédito no clube, o Vasco realizou uma coletiva – em forma on-line – …