Decretada calamidade pública em Brasiléia e Rio Branco, no Acre

A portaria que decreta estado de calamidade pública em Rio Branco e em Brasiléia, ambas no Acre, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (5). A medida foi tomada por conta da enchente do Rio Acre que atinge os dois locais nos últimos dias.

Em nota, o Ministério da Integração explica que as duas cidades já viviam situação de emergência, mas a mudança permite que o governo local solicite recursos da União para ações de socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução.

Esta é a maior cheia já registrada do Rio Acre, que às 17 horas dessa quarta (4) estava com nível de 18,40 metros.

Em Rio Branco são quase 87 mil atingidos pela cheia, sendo que 2.429 estão nos 26 abrigos disponibilizados pelo estado. Ao todo, são 123 mil pessoas atingidas no estado e 56 abrigos montados. Outros oito municípios do Acre estão em situação de emergência.

Confira também

Brasileiros aproveitam feriadão para viajar pelo país

Mudança para melhor! Ainda estamos sob regras de biossegurança contra a Covid-19, mas é evidente …