Comissão do PSPP registra no TRE/MS assinaturas para criação do novo partido

Servidores públicos de Mato Grosso do Sul protocolaram no Tribunal Regional Eleitoral em MS, mais de 3 mil assinaturas de apoio à criação do Partido do Servidor Público e Privado – PSPP e do diretório regional provisório. O sindicalista Antônio Cesar Amaral Medina, coordenador geral do Sidjufe/MS (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e Ministério Público da União em Mato Grosso do Sul), responde pelo diretório regional que será criado no Estado.

Acompanhado de Gabriel Angeramis Vargas Goulart, coordenador financeiro do Sindjufe/MS, Medina chegou ao TRE/MS para protocolar as assinaturas de cidadãos e cidadãs da Capital e interior de Mato Grosso do Sul, que apoiam a criação do PSPP. Para a criação do diretório regional provisório, seriam necessárias pelo menos 1.444 assinaturas de eleitores. Eles conseguiram mais de 3 mil.

“Sentimos que os servidores públicos e privados estão carentes de uma verdadeira representatividade no legislativo nos municípios, Estados e União. O PSPP vem para preencher essa lacuna abandonada pelos demais partidos”, afirmou Antônio César Medina.

Gabriel Goulart informou que o partido deverá ser registrado no Tribunal Superior Eleitoral – TSE no dia 15 de maio. Mato Grosso do Sul é o oitavo Estado brasileiro que coletou e registrou assinaturas para criação de diretório regional.

Nesta sexta-feira, Medina e outros sindicalistas do Estado, seguem para Brasília, onde participam de reunião política do novo partido que traça as últimas metas para sua regulamentação junto ao TSE.

Confira também

Paulo Corrêa vai representar o governador Reinaldo Azambuja em agenda com Bolsonaro

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Corrêa (PSDB) …