Caminhoneiros e empresários solicitam apoio da Assembleia

Caminhoneiros e membros da Coopatran (Cooperativa dos Transportadores do Estado do Pantanal) estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (4/3) com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Junior Mochi (PMDB), e demais parlamentares, para explicar as necessidades e apresentar as reivindicações da categoria.

Redução na alíquota do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o óleo diesel, extensão do benefício de redução do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) para transportadoras com menos de 30 veículos na frota, além de revisão no valor da vistoria veicular, foram as solicitações apresentadas. “Toda proposta que diz respeito à questão tributária é de iniciativa do governo estadual. Nós estamos aqui solidários com a categoria e vamos acompanhar as negociações com o governador Reinaldo Azambuja”, explicou Mochi.

O empresário de São Gabriel do Oeste, Lúcio Lagemann, ressaltou que a categoria está à beira da ‘falência’. “Nós transportamos mais de 80% da riqueza do Estado. Hoje assumimos todos os riscos tributários, trabalhistas e de estrada, sendo que desta forma estamos assumindo responsabilidades que não são nossas”, disse.

O grupo quer redução de 17% para 12% na alíquota do ICMS, além de desconto de 50% no IPVA para empresas com menos de 30 veículos – o que hoje já é oferecido para empresas com mais de 30 caminhões.

Durante a sessão de hoje um dos membros da categoria ocupou a tribuna, por dez minutos, para expor a situação. Ainda de acordo com o presidente da Casa, uma reunião com o governador, deputados estaduais e oito representantes dos caminhoneiros e empresários foi agendada para hoje às 14h.

Confira também

Prefeito de Caracol e Secretária Municipal de Saúde cumprem agendas Campo Grande

O prefeito de Caracol Neco Pagliosa, acompanhado da secretária municipal de Saúde Rosineia Assis estão …